segunda-feira, 18 de julho de 2011

Versinho tolo



Como posso pedir prá ficar?
Amor fica amor...
Cria raízes em mim...
Deixo-te voar ...mas promete voltar?
Mas não, não posso te pedir prá ficar!
Sejamos livres, com vontade de ficar...
Não diga nada, apenas venha me buscar...
Te espero, sem promessas, prá caminhar ao teu
lado, sentir-me voar...
Dedos entrelaçados, passos em compasso...
Igual àquele dia, meia quadra a caminhar...
Tomei uma ou duas, foi o tempo à passar...
Tomei meu caminho, você o seu...
Mas no meu tempo, ainda estamos à caminhar...
De dedos entrelaçados e passos aos compassos ...
momento meu sem tempo definido, espaço meu ,sem paredes ou conceitos onde digo o que quero mesmo a quem não quer ouvir pois essa sou eu mesma a quem às vezes não quero ouvir

APRECIADORES

TENTANDO DESCOBRIR...

Minha foto
NA DUALIDADE DE MINHA ALMA ANDO CONFUSA...