sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Alma luz, para buscar meu caminho...

Junto com aquela caixa, devolvi minha alma, meu céu azul, meu sol!
Minha esperança!
Mas os dias virão e irão junto com as noites e nos sonhos dormidos te encontrarei vez ou outra
Mas não quero mais te escrever nem te registrar, a caixa foi um símbolo disso...
E esse espaço que separei para aquela minha alma fogo, já não faz mais sentido, pois hoje m despeço sendo alma luz...

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Enfim, a tão esperada despedida daquilo que nunca existiu...

Espero honestamente que tenha o prazer de conhecer o amor na forma que ela conheceu!
Um amor doação, voltado a satisfazer e desejar somente o bem estar do outro.
Um amor não programado pela vaidade de ter alguem, ou pelo sabor da conquista!
Que a cada encontro, a cada beijo, a distancia rasgava-lhe a alma...
Algo não carnal, mas quando fazia-se carne era tão forte e intenso que queria ser ela em você
Algo tão absolutamente sublime e tão grande que não se pode guardar, nem esconder...tem que repartir!
Mas você vai sim realmente ser muito feliz, vai poder escolher! Alguém sem familia, sem encargos e historia de vida, alguém diferente dela...
Aí apenas terá alguém para repartir a sua história.
Pode ter certeza que estará sempre nas orações diárias dela, como nunca deixou de estar.
momento meu sem tempo definido, espaço meu ,sem paredes ou conceitos onde digo o que quero mesmo a quem não quer ouvir pois essa sou eu mesma a quem às vezes não quero ouvir

APRECIADORES

TENTANDO DESCOBRIR...

Minha foto
NA DUALIDADE DE MINHA ALMA ANDO CONFUSA...