quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

INOCÊNCIA



Ele chega assim, com um sorriso, um cheiro que só o corpo reconhece
 por isso querem estar sempre perto, abraçando, tocando, um toque no braço...
você nota cada detalhe, unha, dedos, pontinhos nos rosto
 ele não é perfeito,
 nem ela, mas são lindos juntos 
e a conversa desce, redonda, igual diz a propaganda da cerveja...
e querem sempre mais...
nem percebem , mas estar perto se faz necessário
 mais daquele sorriso, mais daquele sentimento que aquece ,
que dá lentes coloridas pra ver o mundo e todos os dias tornam-se dias de sábado ensolarados 
riem de qualquer besteira, comentam coisas bobas da TV, choram de rir do gordo estranho que atravessa a rua...
fazem amor sentindo a pele, o cheiro
 tem que ser ela, tem que ser ele 
percebendo todo e qualquer angulo na junção dos corpos em movimento 
por fim o resultado esta escrito na pupila do outro
e sem nenhuma palavra, um sonoro eu te amo
Às vezes esse céu pode não estar tão colorido assim,
 mas aí, nesse exato momento é quando o calor do corpo do outro faz tanto sentido,
 tão necessário mais que qualquer palavra, 
os atos de cumplicidade à chegada de alguma tempestade faz que os dias de sol de sábado, dê lugar gentilmente a aconchegantes noites de sexta com gostinho de quero ficar em casa com vc, comendo pizza com guaraná
 e essa vontade vai crescendo, desejo da felicidade alheia, desejo de estar ao lado sempre
 o querer bem vai aumentando, o som da voz  que acalma, quando é ele do outro lado da linha
 E assim deveria permanecer por toda integridade real do tempo e da historia de amor
 é assim que eu quero viver imaginando o real significado do AMOR      
momento meu sem tempo definido, espaço meu ,sem paredes ou conceitos onde digo o que quero mesmo a quem não quer ouvir pois essa sou eu mesma a quem às vezes não quero ouvir

APRECIADORES

TENTANDO DESCOBRIR...

Minha foto
NA DUALIDADE DE MINHA ALMA ANDO CONFUSA...